Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2018

O outono em nós...

Imagem
Nos primórdios, aqueles que habitavam o planeta eram seres ritualísticos. Celebravam as transformações, os mistérios e todos os fenômenos da natureza como os seus ciclos lunares e das estações. Eles acreditavam que os mesmos deuses que os brindavam também os puniam e por essa razão honravam as suas leis. Não era uma relação de devoção embasada no medo, mas no respeito a uma hierarquia que colocava um deus no lugar de um deus e o homem no lugar do homem.
Festejava-se o plantio, o recolhimento e a colheita. Tudo tinha tempo e hora justos de acontecer e isso o tempo por si só não conseguiu mudar, mas o homem, encegueirado pela necessidade do poder, se dedicou a encontrar formas de acelerar os processos naturais deixando de lado as leis do universo e comprometendo a saudabilidade da humanidade.
Não foram só os corpos físicos que enfraqueceram nessa seara que vem correndo milênios. A humanidade adoeceu e esqueceu  que aporta os poderes dos seus ancestrais e que as suas Almas estão embebidas …